segunda-feira, 6 de abril de 2009

De volta ao H.I.J.F


Olaaá... Não, não estava morto não!
Ah, obg pelos os comentários do meu último poste e desculpe-me pelo meu afastamento?! Vocês vão já entender o porquê.
Estava eu indo em um domingo para o ensaio da quadrilha junina em que danço, logo depois de chegar de uma viagem com o Homorango e o Menino Da Lenda. E por conta do cansaço, acabei ficando por lá.
No dia seguinte, na segunda - feira pela manhã, quando estava de saída da casa da minha amiga ao qual havia dormido, soubemos que seu filho de apenas 14 anos, havia sofrido um acidente de bike quando estava fazendo uma entrega de seu trabalho.
Por ele seu filho único e sua mãe ser muito emotiva, acabou me pedindo pra acompanhá-lo ao hospital porque ela não teria cabeça pra resolver nada. Fui então!
Lembram alguns postes atrás, em que eu falei do Hospital I.J.F? Pois é! Tive que levá-lo pra lá.
Tudo bem que o caso do meu amigo é serio. Tudo bem que ele vai ter passar por uma cirurgia. E também que não tem muito espaço no hospital e por isso vai ter que ficar pelos corredores. Tátátá... Mas pô! Ter que esperar por três semanas à sorte de conseguir uma vaga pra poder fazer a cirurgia?! Fazer o quê?
- Escova de dente, revistas, cigarros, lençois, cruzadas... Ok! Acho que é o suficiente pra minha pequena estadia no hospital.
1 Dia - Não senhor, eu não sou enfermeira. Também não sou seu netinho que veio de São Paulo visitá-lo. (apesar de meu pai, ao qual não conheço, ser.)
2 Dia - ( plaf, brum, catfz..) - Você viu isso Gordim (meu amigo)? Aquele policial correndo atrás daquele bandido, que estava esfaqueado na barriga?! Acontece cada coisa em hospital que eu nem imaginava.
3 Dia - Senhor eu não sei onde mora. Não sei onde fica essa casa laranja do lado do vizinho que tem uma moto, na segunda rua virando a direita!
- (doutor) Conseguimos uma transferência para seu amigo. Lá ele vai poder fazer a cirurgia com emergência.
Mas três dias no outro hospital se passaram. Pelo menos tinha um quarto com cama, tv, banheiro e outras coisinhas. Fora os belos enfermeiros! Hehehe... Ninguém é de ferro.
6 Dia - Como foi rápido essa cirurgia! Bem, pelo menos amanhã poderemos ir pra casa.
7 e último dia - Já está pronto? Pois vamos logo de uma vez.
- Enfermeira onde estou? Por que me trouxeram pra cá? Cadê meu netinho que veio de São Paulo só pra me ver?!

8 comentários:

Arsênico disse...

hahaha... quem disse que hospital não é lugar pra rir... néah?... aÓron...

***

Menino da Lenda disse...

eu assisti essa historia de pay-per-view, no 24 horas!

Menino da Lenda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabiano (LicoSp) disse...

Eitah....
acho q nao esstou bem... nao entendi muito a historia... to lesado...rs

Mike disse...

adoro hospitais, nao seu pq...

JOÃO disse...

hospitais tem uma atmosfera paralela que encanta e nauseia...
rsrs
abs

Homorango disse...

Eu senti um pouco de ironia no comentário no meu blog, que eu não ia ter concorrencias com os meus primos... tá levando a sério o papo de rivais????

FOXX disse...

não entendi...