domingo, 7 de junho de 2009

O PENETRA


Vocês lembram, que eu disse que fazia parte de um grupo de Quadrilha Junina, chamado Vozes da Seca? Pois bem. Já fazem 4 finais de semana que eu simplismente não aparecia por lá, e por conta disso, fui deixado de fora esse ano.
Liguei para um amigo meu da Quadrilha perguntando quando seria o nosso festival. Ele me respondeu dizendo o dia e o local, que exatamente foi a data de ontem (06/06).
Quando chegeui no local (Colégio Academos) estava tudo fechado. Dai perguntei à um homem se ele saberia me responder, se havia algum evento junino próximo dali? E ele me mostrou onde.
Detalhe: Tem uma Quadrilha chamado Estação Junina,, que é do mesmo bairro, e é nossa rival. Ela é composta por ex colegas meus, que já fizeram parte da minha Quadrilha.
Voltando. Quando chego no evento vejo esses ex colegas, que alguns deles são amigos de infância, e exclamo por conta de suas presenças, achando todos eles caras de pau. Entro no evento me achando o rei da cocada preta, com tudo sem pagar nada, só para surpreender meus colegas, que já não me viam a um bom tempo. O rapaz que estava na portaria se chega até a mim me cobrando a entrada, e eu simplesmente vejo que ele não fazia parte da minha Quadrilha. Pelo menos nunca havia visto antes! Quando olho em seu crachá, vejo seu nome, e o nome acima; Festival Junino Estação Junina 2009.
PARA TUDO!!! Olho tudo ao meu redor tentando encontrar alguém da minha Quadrilha, e só vejo eles em todos os lugares, me olhando como se eu fosse o penetra. Ainda soltaram piadas pra mim, me chamando de Cara De Pau. Olha bem quem era o verdadeiro cara de pau da festa!?
Se me perguntassem naquele momento, que bicho eu gostaria de ser? Concerteza seria um avetruz, e minha cabeça já estaria de baixo da terra. Então paguei á festa, usei o banheiro e saí para não mais voltar!

domingo, 24 de maio de 2009

CONTRÁRIOS

Só quem já provou a dor Quem sofreu, se amargurou Viu a cruz e a vida em tons reais
Quem no certo procurou Mas no errado se perdeu Precisou saber recomeçar
Só quem já perdeu na vida sabe o que é ganhar, Porque encontrou na derrota o motivo para lutar. E assim viu no outono a primavera Descobriu que é no conflito que a vida faz crescer
Que o verso tem reverso;Que o direito tem avesso;Que o de graça tem seu preço;Que a vida tem contrários;E a saudade é um lugar, Que só chega quem amou. E que o ódio é uma forma tão estranha de amar, Que o perto tem distâncias;Que esquerdo tem direito;Que a resposta tem pergunta;E o problema solução;E que o amor começa aqui,No contrário que há em mim,E a sombra só existe quando existe alguma luz.
Só quem soube duvidar,Pôde enfim acreditar,Viu sem ver e amou sem aprisionar;
Quem no pouco se encontrou, Aprendeu multiplicar, Descobriu o dom de eternizar...
Só quem perdoou na vida sabe o que é amar,Porque aprendeu que o amor só é amor,
Se já provou alguma dor, E assim viu grandeza na miséria.
Descobriu que é no limite, Que o amor pode nascer...
Padre Fábio De Melo.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

QUE HOMEM É ESSE?!


Que homem é esse?
Porque ele veio?
O que ele tem?
Que homem é esse,
Que mexe comigo.
De onde ele vem?
Que homem é esse,
Que mal me conhece,
E já amanhece em meus braços assim?
Que homem é esse,
Que cara bonito,
Eu mal acredito que seja pra mim?!
Que homem é esse,
Que me deixa tonta feliz ao sentir todo o seu bem querer?
Que homem é esse,
Que tem no sorriso,
Um jeito preciso de me convencer?
Que homem é esse,
eu tanto anseio,
E invadiu em cheio a minha ilusão?
Que homem é esse,
Que tanto oferece,
Ele bem que merece a minha paixão?
Que homem é esse,
coisa tão boa,
Mudou minha vida e diz que me quer?
Não sei se é verdade ou se é mentira àtoa,
Só sei que esse homem me faz mais... feliz!

domingo, 10 de maio de 2009

VOCÊ DECIDE!


Ontem fui pra boate Donna Santa com meu amigo, Menino Da Lenda. Lá estava rolando à festa; "Vamos Tomar No Caneco!". Onde, quem levaria o seu próprio caneco, teria de hora em hora, um chopp 0800. Até ai tudo bem!
Chegando no local do evento, tomamos uma cerva gelada e uma caipirinha pra esquentar logo o sangue. Estava lotado na entrada!
Já dentro, curtimos, dançamos, bebemos mais e paqueramos. Eu olhei para um lado vi Wodellington, um ex que ainda mexe comigo. Dei um tempo à ele por conta de seus ciúmes com meus amigos. Olhei para um outro lado e vi Erberth, um cara que trabalha como trocador de ônibus, que sempre me paquera quando pego seu ônibus (ele estava lindo sem a fardinha de trocador!).
Olhei pra outro, estava um que nem quero falar, arghhh!!!. E mais a frente estava Ângelo, meu último que demos um tempo por causa que sua familia estava pegando no nosso pé. Esse beijou todos pra me provocar e no final chorou por mim, dizendo que não consegue me esquecer! Fora o que estava lá fora a minha espera, o Wesley.
Resultado: Você decide! Com quem ele deveria ficar? Sem esquecer dos finais alternativos.
Faça um comentário com sua resposta, que na próxima postagem terá o resultado dessa noite louca.
BEIJOS E ADORO TODOS VOCÊS!!!
P.S.: Estou trabalhando em um salão de beleza. É tão bom trabalhar!
P.S.: Aci (Salvador, BA) me liga por favor! Quero muito falar com você
Esse video é um pouco dessa linda história de amor. Eu tenho, detalhe!:http://www.youtube.com/watch?v=N17eJSFIWA8

quarta-feira, 6 de maio de 2009

CONFRONTO COM O VAZIO


Estou naqueles momentos confussos.
Não sei bem o que pensar, fazer, falar... Que complicação! Será que por parte da vida, ou, de mim mesmo?
Crises, crises, crises... mil vezes crises! Que vida mas turbulenta!
Escolho um filme; ECLIPSE DE UMA PAIXÃO. - Quanta loucura! Agora todos os meus pensamentos dão voltas e se misturam. Elas parecem ganhar vida própria, e através de como um acordo, resolvem se fundir.
Penso que não sou um gay, ou algo do tipo. E sim, um homem comum como todos os outros, que apenas senti atração pelo o mesmo sexo.
Sentimento não tem que ter classificação, como as religiões. Imaginem só:
- Oi, eu sou homessexual!
- Eu sou Budista.
Vocês estendem onde quero chegar?
Acho que sou um cara emocionalmente reprimido, que habitualmente afoga suas mágoas fugindo das pessoas. Talvez por não conseguir encará-las!
Amo essa vida. Mesmo sabendo que ela seja tão cheia de imcompreensão e intolerância.
O vazio, a solidão, a morte... Todas elas me apavoram. Por mais que eu tenha a convicta certeza, de que por essa última, eu irei atrás de abraçá-la primeiramente. Antes que ela me proucure.
Preciso realmente de alguém constantemente ao meu lado. E não temo em dizer que sou completamente dependente de outro para poder viver, tomar decissões e seguir enfrente.
Alguém até já me tirou do fundo do poço. Porém não me deixou um trilho pra seguir!
'PARTE DO QUE QUERO'
Eu quero estar em todos os lugares.
Eu quero fazer todas as profissões.
Eu quero ser o que alegra e faz feliz.
Eu quero ser essencial; o que mexe com os sentimentos.
Eu quero ser aquela ajuda nus momentos difíceis.
Eu quero, eu quero, eu quero...
Eu quero não cair no esquecimento e ser lembrado em vários momentos.
Eu quero o querer que jamais irei de ter!
by: B.W.
=============================================================
'ECLIPSE DE UMA PAIXÃO'
A história do jovem Arthur Rimbaud (Leonardo DiCaprio). Um poeta que revolucionou a poesia no século XIX. Onde é apadrinhado por um outro grande poeta, Paul Verlaine (David Thewlis).
Paul é um homem mais maduro e casado. A admiração de um poeta para o outro é tão grande, que faz com que ambos se apaixonem.
É um triângulo amoroso explosivo, provocante e enlougüente.
VEJA:

segunda-feira, 4 de maio de 2009

TUDO ACONTECE COMIGO!


Estava eu vindo no fim de semana demais um ensaio da quadrilha junina em que danço. Ao meu lado estava uma amigo que mora um pouco longe, e que entrou pro meu grupo na quadrilha. Disse à ele que eu iria passar na casa do meu amigo Menino Da Lenda, para marcar-mos de sair mais tarde(como sempre faço).
Depois de já tudo combinado com o "Lenda", fomos pra minha casa tomar banho, comer e se produzir.
Uma hora e meia depois fomos pegar o Lenda na porta da sua casa, que em frente é uma parada de ônibus. Um outro amigo apareceu no momento em que estavamos de saída e iniciou uma conversa enquanto esperava sua condução. Nesse pequeno intervelo dois homens (vagabundos!), meios que drogados, começaram uma pequena discursão, mais ou menos desse tipo:
- Vem tu pra cima pilantra. Num como patido de ninguém...
- Cá tu, que eu num tenho medo não!
E por ai ficou nessa coversa mole onde nenhum ia pra cima do outro. Todos dois eram molengas e medrosos!
Voltamos para o nosso papo. Quando menos espero dou um grito e sinto uma enorme dor em meu tornozelo direito, que logo depois parecia eu não mais sentir meu pé. E, imediatamente meu amigo Lenda sai me puxando para dentro de sua casa, e pedindo para que os outros adentrassem também.
Eu simplesmente fui atingido por uma pedra de calçamento, que um dos caras jogou para acertar no outro. Bem, se ele tem uma boa pontaria, eu não sei?! Mais que ele acertou em alguém, isso ele acertou!
- Sabe daqueles dias em que não saia de casa hoje? Pronto! Até tentei, mais não consegui firmar meu pé no chão.
É por essas e outras, que tudo acontece comigo. Ainda troco o nome do meu blog de QUASE AMÁVEL, para; TUDO EU!, TUDO EU!. Como diz nosso queridíssimo CHAVES!
P.S1: Cuidado com as paradas de ônibus e brigas dos outros. E quando tiver de saida, vá logo antes que um amigo lhe pare pra conversar! hehehehehehe...
P.S2: Desculpa Lenda, por ter estragado sua noite e seu encontro?!

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Tudo ou Nada


Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, só tem um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, resta-nos quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho o de fazer mais nada.
Clarice Lispector

segunda-feira, 6 de abril de 2009

De volta ao H.I.J.F


Olaaá... Não, não estava morto não!
Ah, obg pelos os comentários do meu último poste e desculpe-me pelo meu afastamento?! Vocês vão já entender o porquê.
Estava eu indo em um domingo para o ensaio da quadrilha junina em que danço, logo depois de chegar de uma viagem com o Homorango e o Menino Da Lenda. E por conta do cansaço, acabei ficando por lá.
No dia seguinte, na segunda - feira pela manhã, quando estava de saída da casa da minha amiga ao qual havia dormido, soubemos que seu filho de apenas 14 anos, havia sofrido um acidente de bike quando estava fazendo uma entrega de seu trabalho.
Por ele seu filho único e sua mãe ser muito emotiva, acabou me pedindo pra acompanhá-lo ao hospital porque ela não teria cabeça pra resolver nada. Fui então!
Lembram alguns postes atrás, em que eu falei do Hospital I.J.F? Pois é! Tive que levá-lo pra lá.
Tudo bem que o caso do meu amigo é serio. Tudo bem que ele vai ter passar por uma cirurgia. E também que não tem muito espaço no hospital e por isso vai ter que ficar pelos corredores. Tátátá... Mas pô! Ter que esperar por três semanas à sorte de conseguir uma vaga pra poder fazer a cirurgia?! Fazer o quê?
- Escova de dente, revistas, cigarros, lençois, cruzadas... Ok! Acho que é o suficiente pra minha pequena estadia no hospital.
1 Dia - Não senhor, eu não sou enfermeira. Também não sou seu netinho que veio de São Paulo visitá-lo. (apesar de meu pai, ao qual não conheço, ser.)
2 Dia - ( plaf, brum, catfz..) - Você viu isso Gordim (meu amigo)? Aquele policial correndo atrás daquele bandido, que estava esfaqueado na barriga?! Acontece cada coisa em hospital que eu nem imaginava.
3 Dia - Senhor eu não sei onde mora. Não sei onde fica essa casa laranja do lado do vizinho que tem uma moto, na segunda rua virando a direita!
- (doutor) Conseguimos uma transferência para seu amigo. Lá ele vai poder fazer a cirurgia com emergência.
Mas três dias no outro hospital se passaram. Pelo menos tinha um quarto com cama, tv, banheiro e outras coisinhas. Fora os belos enfermeiros! Hehehe... Ninguém é de ferro.
6 Dia - Como foi rápido essa cirurgia! Bem, pelo menos amanhã poderemos ir pra casa.
7 e último dia - Já está pronto? Pois vamos logo de uma vez.
- Enfermeira onde estou? Por que me trouxeram pra cá? Cadê meu netinho que veio de São Paulo só pra me ver?!

quarta-feira, 11 de março de 2009

Minha Vida Sem Mim.


16 anos... É! Acho que foi nessa idade onde tudo realmente começou a mudar.
- Já se passaram 10 anos...

Como pode? Você sonha e acredita ser de um jeito e vive de outro?!As pessoas te elogiam e acreditam no seu potêncial. Que elas, somentem elas, veêm!Dizem: Você pode ser isso; você pode ser aquilo; você é esperto; você é bom nisso; blá,blá,blá...A verdade é; ninguém sabe o que se esconde dentro de você. Ninguém sabe sobre seus medos, suas angustias, suas frustrações... ("nesse universo de aparência...". Como diz minha amiga Maria B.).Sempre gostei muito de tevê! Sempre quis trabalhar com isso. Globo é meu limite!Sempre quis me tornar uma pessoa pública, conhecido e querido por todos. Que todos soubessem de minha trajetória de vida. E através delas, encontrassem um pouco de si!
Hoje, só gostaria que minha história não passasse em branco. Não ficasse só por ficar lá atrás...
Deveria não ter desistido! E... e se ainda houver tempo?


*Sou caseiro. (estou sempre em uma balada!)
*Sou calmo. (estou sempre metido em uma confusão!)
*Sou romantico. (sempre machuco o coração de alguém!)
*Sou 100% saúde. (fumo e bebo demais!)
*Acreditam em mim. (eu não!)

Há 10 anos eu era o BW. Hoje esse Bw ficou perdido no passado. Hoje sou quem você quizer!

quinta-feira, 5 de março de 2009

Alma? Três Irmãs? Eu!


Estava indo hoje na hora do almoço me encontrar na casa do meu mais novo pretendente. Era a única hora que dava para nus encontra-mos. É porque nesse momento sua mãe está trabalhando. Ela não pode nem pensar que ele poderia levar um homem lá.
Passei por volta de uma hora em sua casa, antes de ele ter que sair pra trabalhar. Apezar de ter chegado lá meio tarde!
Ele entra apartir das 14h. Quando olhamos no relogio, só faltavam 15 minutos para 14h. daí tudo bem!
Chegando na parada de ônibus (4 quadras dps), pegamos e entramos. Quando no susto me lembrei, depois de ter andando 5 paradas, que eu havia esquecido meu cigarro em sua casa, junto ao meu dinheiro.
Voltamos correndo pra buscar, com ele lá na frente puto de raiva comigo, só resmungando como um velho ranzinza. Eu pra não ficar por trás, passei mais rápido ainda, batendo minha mão na dele e fazendo com que a chave da casa dele(que estava em sua mão), fosse bater dentro de um buraco! E o pior ainda foi de eu deixar cair o cd que estava na minha mão.
*Detalhe: "CD Noite Ilustrada. Esse é o cd favorito da minha mãe. Eu pedi a ele emprestado para poder copiá-lo, pois hoje é aniver dela. O cd é da mãe dele. O favorito dela tbm!".
Calma! -Falei que eu tinha outra capa nova em casa, que ao chegar eu iria substituir. Ufa!!!
Já novamente no ônibus me lembrei de uma outra coisinha! Só que essa outra lembracinha, só contarei aqui pra vocês.
- Enquanto ele foi tomar banho para ir trabalhar, eu resolvi fumar um cigarrinho. Simplesmente coloquei a cinza e o resto do cigarro dentro de um enfeite da mesa da sala de star. A mãe dele odeia cigarro e não pode nem imaginar que ele possa um dia fumar!!!
OBS: Lá se foi mais um pretendente!

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Careca?


Tô triste. E quando acontece isso, eu preciso fazer uma mudança radical. Vou raspar toda minha cabeça...

Hoje sai da casa dos meus amigos. Só que de uma maneira que não queria! É muito ruim pagar pelo o erro dos outros!


"Quem te ver passar assim por mim, não sabe o que é sofrer..." (ana júlia - los hermanos)


Respire fundo, tenha bons pensamentose liberte-se sem medo.Tenha coragem suficiente para rir e chorar... expondo-se à beleza de seus sonhos,tendo confiança em si mesmo e no futuro,acreditando no Amor e na Vida!O futuro pertence àqueles que acreditamna beleza de seus sonhos.Dentro de você estão seus sonhos...seu entusiasmo...seus desejos e suas alegrias.Dentro de você está o mundointeiro e também o poder de alcançara sua felicidade!Quando o teu coração está aberto,teu ser brilha e o conhecimento chega mansamente,feito flores de algodão desabrochandoao sol... Acredita que tudo aquilo quenecessitas já está dentro de ti.É só usufluir!

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Acontecimentos...


Pela foto vocês percebem qual foi minha escolha na festa de ontem.
Eu fui capetinha, mais um capetinha comportado, como esse da foto.
Lá acabei encontrando meu primeiro namorado. Lembram? Falei dele alguns postes atrás (n...). Ontem foi seu aniver.
Passei nove anos da minha vida, cada ano sem olhar em sua cara. mas sempre quando era seu aniver eu entrava encontato só pra lhe desejar felicidades. Ele nunca dava importância pela minha lembrança. Tudo bem, pelo menos ele poderia ter a certeza que eu já mais esqueci!
Quando foi ontem ele chegou diante de mim e falou: Você não vai me dar meus parabéns?!
Olhei bem em sua cara, tentei me equilibrar, pois estava completamente grogui por conta de tanta bebida e dei simplesmente uma abraço, mais foi aquele abraço. Disse algumas palavras (já nem lembro, ou não quero lembrar) em seu ouvido e um grande beijo em seu rosto.
Seu atual namorado estava do lado dele. - Acho que vi alguma fumaça em cima de sua cabeça!
O resto da noite passei deitado em algum canto da boite, porque não me aguentava em pé.
*Hoje ganhei um cortesia pro camarote da maior festa GLS que vai rolar aqui em Fortaleza. A festa;GLITTER! Vai bombar! Êta povo de força!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Santinho ou Capetinha?

10 as 12:00 h -Descuti sobre o passado com meu ex de 3/6 atrás. Tudo pelo o msn, enquanto ouvia as músicas:Ternura, chama e Digitais (Isabella Taviani).
12:30 as 14:15 - Arrumei algumas coisas aqui na casa do meu amigo.
14:18 as 17: 00 - Voltei pro meu msn, passei mal, falei com alguns amigos, comi um pouco.
17:23 as 18:00 - Fui assistir Pokémon (qual o problema? eu gosto!)
18:07 as 19:15 - Fiquei antecipando umas coisas pra festa de mais tarde.
................

- Oi, boa noite! Tava dormindo um pouco, só para descansar a pele. Agora estou apressado, pois tenho que me arrumar para ir com os meninos a boite Donna Santa. Vai rolar à festa:
*Sexta-feira 13: Hoje você vai ser Santinho ou Capetinha?*

OBS:
Amanhã conto pra vocês a minha escolha, ok? Ah! Estou indo com o Menino da Lenda.
Homorango disse que não iria, por conta de seu cursinho de corte & costura amanhã!
bye-bye baby´s!



quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Sou caçula e não sou o querido!

Em casa são 4 irmãos, comigo: Lenilton (32), Algusto (30), Carlos (28) e Eu (2...).

Lenilton - Mora com os avos paternos desde os 7 anos de idade. O inteligente, educado, gentil, branco e bonito. Seus avós tem um Ap próprio, onde ele vai erdar tudo. Vive super bem. Diz que só vai constituir uma família quando tiver sua própria condição financeira. (passou 4 anos com uma mulher que faz direito e engravidou agora uma pobre coitada).

Algusto - Mora com sua atual mulher. Bebarrão, mulherengo, metido a comediante. Já foi muito bonito e hoje está gordo. Ele é o único que é irmão do Lenilton por parte de pai e mãe. Tem 4 filhos, todos com mulheres diferentes. Não liga pra nenhum e tem sorte por nenhuma ex-mulher, ainda ter processado. (Só está durando com atual, porquê ela ainda não engravidou!).
Carlos - Vive com nossa mãe. Drogado, vagabundo e ladrão. É loiro, olhos verdes e bonito-estragado. Teve 2 filhos (que moram com nossa mãe) com uma vagabunda. Seu esporte favorito é roubar as coisas de casa. Quando tá drogado, não reconhece ninguém e mata pobres animais indefesos. Seu pai já faleceu. (Por incrivel que pareça, o mais querido! Pra mim, a ovelha negra da família).
Eu (Wendhel) - Vivo mundo afora. Sempre estou na casa de amigos. Adoro beber, fazer amizades, beijar e festas. Moreno pardo, olhos castanhos, meio atrativo. Diz uma menina por ai que tem uma filha minha (nunca provado). Sempre fui o faz-de-tudo da família. Nunca conheci meu pai e sou super emotivo. (acumulo traumas).
*Como viram, eu sou o caçula. Minha mãe teve dois filhos com seu primeiro e único marido. Depois mais um, com um grande amor (que faleceu). E por último... eu! Com um cara que ela conheceu em São Paulo, numa visita para alguns parentes.
Seu maior sonho era ter uma menina. Ela depois de ter tido três filhos, não queria mais, porém acabou engravidando. Ela até quis tirar, só que pensou que poderia ser sua grande chance... a de ter atal filha mulher (que ironia do destino?!).
Sua decepção foi tamanha, que na maternidade ela me deixou, a merce de quem me quizesse.
Minha avó foi na maternidade e me pegou. Com 5 anos de idade, minha mãe foi morar com um novo namorado. Então ela foi oubrigada a me levar. E aos 10 anos ela construiu sua casa, em cima da casa de minha vó (nossa casa atual).
Nunca nus damos bem. E não pelo o fato de saber que sou gay, pois ela aceita numa boa (apezar de depois que ela soube, nunca mais me abraçou) e sempre tratou todos meus amigos gay´s super bem. Até chega a ser amiga intima de alguns.
O fato de agente se bater tanto de frente, talvez se der por conta, de eu nunca concordar com suas atitudes.
Minha mãe é aquela pessoa que nunca foi do tipo muito feliz. Vive jogando a culpa de sua infelicidade em cima de todo mundo (quando não é em mim, é claro!).
Briga com todo mundo, fala mal dos vizinhos e fica feliz quando na casa de alguém acontece algo ruim, só para provar que não é só em sua casa, que tem barraco por causa de um filho envergonhoso. E sempre quando brigo com ela por causa de alguma confussão que ela cria, ela me diz que eu sou sempre contra ela.
- Gente, não é que sou contra. Ela simplesmente não vê que seu maior problema é sua língua, suas pragas.
Eu era o filho dela que nunca dava grandes problemas; nunca alterava a voz; nunca reclamava de nada; nunca questionava pelo os outros ter o que eu não tinha, ou ganhar o que eu não ganhava; nunca deixava de fazer o que ela ordenava; ajudava em casa com os afazeres domesticos; dava orgulho por ser sempre educado na frente dos outros e tirar boas notas na escola; abria mão de sair com meus amigos pra cuidar dela, quando estava doente; era o único que fazia cartões artesanais no dia das mães; fazia questão de estar dentro de casa nas crises do meu irmão, por mais que eu fosse o alvo... Eu simplesmente não sei... não sei qual o problema. Não sei como agradâ-la!
A pessoa que eu mais amo e choro, só em pensar em perdê-la; é a minha avó. Ela sempre me deu todo o apoio e carinho que precisei. Sem ela não seria nada. Mas a verdade que de alguma forma a minha mãe... Eu digo que não me importo, mais já deixei tantas coisas pra trás, por sua causa... Ela não é importante pra mim. Mas porquê será que eu me importo tanto? Pq tento e quero agradâ-la?
Eu poderia ter seguido enfrente e ter tentado construir uma vida ou algo melhor, ao invés de só esperar... Mais esperar o quê? O seu amor estar a venda!
Ela já fez algo comigo, que nem sei se conseguiria contar a...
- Me desculpem, mais eu termino por aqui?
Acabei me emocionando e perdendo o fio da ameada. Levei por um caminho, que não queria chegar. Estou meio confusso... espero que entendão!
- Mãe, me desculpe por não ser quem a senhora queria que eu fosse. Ma-ma-mais... eu te amo!
Espero que um dia, quando eu não mais ixistir, a senhora saiba disso!.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

O que tá passando na TV?

Antes de postar sobre minha próxima matéria, gostaria de falar um pouco sobre a peça que comentei na última postagem. A peça que assisti ontem, foi tudo de bom! Rir todo mundo sabe que é o melhor remedio?! E no Ceará tem sempre as melhores festas de humor (nos bares e restaurantes) e peças teatrais. Fora os melhores humoristas do país.
Então, se puderem conferir a peça: As Marmotas. Façam isso! Pois é garantia de muitos risos.

Uma das piadas da peça:
- Luana do Crato: Um dia vc vai morrer, vão te enterrar, vc vai virar uma planta, a vaca vai comer essa planta, depois ela vai fazer coco e eu vou chegar e dizer: como você não mudou nada Titela! (kkk...)
- Titela: Quando você morrer, eu não irei te enterrar. Pois quem enterra bosta é gato. (kkk...)

************************************************************************

Hoje assistindo a um programa de Tv, ouvi falando sobre homossexuais; se é um tipo de doença e como nasce?. Então parei com meus amigos para analisar sobre o assunto.
Como uma pessoa se descobre que é Gay? Pensei da seguinte forma:
É como se fosse um menino heterossexual. Quando ele começa a sentir atração por uma mulher, é porque está chegando a puberdade, os arrepios da pele, os desejos da carne... etc.
Assim acontece com o menino homossexual. Só que ele sente desejo por um outro homem, por uma figura masculina. Os sentimentos são voltados para aquele ser. É tudo questão da mente.
Um exemplo que não gosto, é quando um gay diz:" Ai, nunca vou transar com uma mulher, pq não gosto!". Mas como ele pode se refirir há uma coisa que nunca provou?!
Eu que já fui para a cama com algumas mulheres, digo; é a mesma sensação de prazer! O problema é a "figura (mas./fem.)" que a pessoa vê. É tudo questão do psicológico da pessoa. Do quê ela deseja.
Outra coisa que eu acho é, que não deveria ter classificações, tais como:hetero e homo. E sim somente;homem e mulher. Só o que muda pra mim é a minha opção. Quero outro homem e pronto. Zé Fini pra quem achar ruim!
Já sobre a origem, e se é certo ou não? Voltamos para o ponto psicológico.
O mundo desde que é mundo, acha e diz que o certo, ou, o normal é; homem com mulher. Mas quem prova? Pois acredito no amor de DEUS. Que a única coisa que ele não permite, é; matar e se matar. Pois o que ele preservar de verdade, é o amor, entre todos os seres. E não importa como, com quem ou de que forma...
" Sou homem e gosto de outro. E também sou filho de Deus.
Não existe nada de errado comigo! "

OBS: Não suporto mais quando passo na rua da minha casa e aqueles evangélicos dizem: Queimado em nome de Jesus! Aceite ele e tenha a entrada para o paraíso!... AFF

AMO TODOS VOCÊS!

Tristezas e Situações



Eu estivi lendo alguns blog´s, aguais a maioria era algo triste... E me senti super-hiper-mega péssimo por isso.
Eu sou do tipo de pessoa que absorvo tudo dos outros, sendo;bom, ruim... tudo! Qualquer tipo mesmo.
Eu já passei por muitas coisas ruins. Sou um sobrevivente. Quem me conhece, confirma.
Mais tento de toda forma possível, escrever somente coisas alegres. Até por mim mesmo! É uma forma de esquecer e aliviar minha dor.
Não quero escrever só as minhas dores. Não quero deixar que esse blog, se torne um blog depressivo, e que com isso deixem as pessoas mal, ou, pior que elas já possam estar!
Sei que como eu, outras pessoas sentem essa necessidade de escrever suas dores, seus temores...
Mas se tentar-mos, talves possamos ver só o lado bom da vida. Basta querer!
Me desculpem aqueles que não concordarem comigo?! Só estou apenas querendo pensar e agir dessa forma. De uma boa forma!

Mudando agora de assunto: Eu ainda estou na casa de uns amigos, desde sexta passada. Quantas pessoas já não ligaram perguntando; Se não tenho mais casa?, Quando volto?, Vai morar agora ai, é?.
Eu falo que não tenho culpa, já que na minha casa não tenho paz. É minha mãe enchendo meu saco de um lado e meu irmão drogado sempre roubando minhas coisas pra trocar por "pedra", do outro lado. Então o único refugio que encontro é na casa desses meus amigos.
Fora tbm, a doida da Saymon. Uma mulher que tem 42 anos de idade, deficiente de uma perna, tem um filho drogado, cuida da mãe que cega e tem um marido violento, que vive me ameaçando. Ela é apaixonada por mim. Me liga o tempo todo pra saber: onde estou, com quem, fazendo o quê, falando o quê, e o pior; você tem algo com essa pessoa, e fale a verdade (apezar de ela nunca acreditar na verdade!).
Já disse a ela pra assistir a novela "Mulheres Apaixonadas". Pois não tenho vocação pra ser um Sergio na vida e nem paciência para aguentar uma Heloísa!
- Agora me digam. Não tenho razão de permanecer mais tempo aqui?

Obs: Hoje vou com os meninos pro Teatro Sesc assistir a peça: A Inocente e a Indecente(humor). Com o grupo Marmota.
Conto tudo pra vocês, depois, com detalhes. Bye, obg e até mais!!!




terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Bate - Papo


Gente, ontem entrei pela primeira vez na minha vida, em um bate - papo. Uma loucura! Tanta gente tc ao mesmo tempo, e eu sem entender porra nenhuma. Só que três amigos meus me ajudavam na conversa e como fucionava. Nós resolvemos ir atrás de algumas pessoas que gostariam de vim pra casa que nós estavamos e dar uma festinha só de cueca, e quem combinasse escolheria o seu e iria pro abate, pois a festa teria o título de: TOMA MADEIRADA!

Então começei a tc com alguns e saber se gostariam de vim. Sabe o que aconteceu?;

- Oi, qual o nome de vc´s, suas idades, o peso de vc´s, trabalham, moram com quem, cm do p... de vc´s, tem msn, fotos... Enfim, uma entrevista. Eu tão louco acabei escrevendo que queria só parceiros de sexo por uma noite e não um emprego. (como transar hoje tá difícil?)

Eu nunca mais que entro em um bate - papo, em uma porcaria dessa. Até porque acho hoje mais fácil você ir numa esquina e pronto!
OBS: Teve um que eu passei meu msn, e ele pediu pra botar uma foto minha. ok! Depois mais outra, outra e outra. Perguntei se ele queria logo um albúm completo que seria mais fácil?!
Outro disse que era virgem e perguntou se eu tinha carro pra pegar ele lá em Acaraú.
-Esse vai morrer virgem se depender de mim. Pois vai morar longe assim lá no inferno!
Outro pediu pra mim mudar a cor das letras e me chamou de "indiota". E respondi pra ele pelo menos escrever direito.
BATE - PAPO É UMA MENTIRA!



Pra sempre...


Eu sei que atrás deste universo de aparências, das diferenças todas, a esperança é preservada. Nas xícaras sujas de ontem o café de cada manhã é servido. Mas existe uma palavra que não suporto ouvir, e dela não me conformo. Eu acredito em tudo, mas eu quero você agora!
Eu te amo pelas tuas faltas, pelo teu corpo marcado, pelas tuas cicatrizes, pelas tuas loucuras todas, minha vida. Eu amo as tuas mãos, mesmo que por causa delas eu não saiba o que fazer das minhas. Amo teu jogo triste. As tuas roupas sujas é aqui em casa que eu lavo. Eu amo a tua alegria. Mesmo fora de si, eu te amo pela tua essência. Até pelo que você poderia ter sido, se a maré das circunstâncias não tivesse te banhado nas águas do equívoco. Eu te amo nas horas infernaise na vida sem tempo, quando, sozinha, bordo mais uma toalha de fim de semana. Eu te amo pelas crianças e futuras rugas. Eu te amo pelas tuas ilusões perdidas e pelos teus sonhos inúteis. Amo teu sistema de vida e morte. Eu te amo pelo que se repete e que nunca é igual. Eu te amo pelas tuas entradas, saídas e bandeiras. Eu te amo desde os teus pés até o que te escapa. Eu te amo de alma para alma. E mais que as palavras, ainda que seja através delas que eu me defendo, quando digo que te amo mais que o silêncio dos momentos difíceis, quando o próprio amor vacila.
x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x - x
Eu quero ser possuído por você, pelo seu corpo, pela sua proteção, pelo seu sangue. Me ame!
Eu quero que você me ame e fique eternamente me amando dentro de mim. Com sua carne e o seu amor. Eternamente, infinitamente dentro de mim me envolvendo, me decifrando, me consumindo, me revelando... Como uma tarde dentro do elevador, no verão, voltando da praia e você me abraçou e eu te abracei... E quanto mais eu me entregava, mais nascia o meu desejo, Mais sobrava só o desejo, e mais eu te queria sem palavras, sem pensamentos... A vida inteira resumida só no desejo da tua boca dizendo o meu nome, Da tua mão conduzindo a minha mão, Do teu corpo revelando o meu corpo, Como se o mundo fosse pela primeira vez, Você o meu ponto de referência nessa cidade...
*Esses 2 Poemas vão para a pessoa que mais amei na minha vida (F.J.C.N. - 1 namorado)

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Vozes da Seca 18 anos


VOZES DA SECA: quadrilha pra se amar.
PROMESSAS: de um verdadeiro São João.
VONTADE: de conquistar o publico.
SONHOS: são todos verdadeiros.
Um certo ano VOZES DA SECA viveu momentos maravilhosos, com filhos maravilhosos, que tinham um AMOR imenso pela sua mãe.
Um dia esse amor acabou, parecia que o vento tinha levado a nossa mãe . 'Vozes da Seca' ficou só e sem rumo... Quando derrepente apareceram anjos, e que fizeram da Vozes de novo em uma realidade. Agradeço a todos que um dia já fizeram parte dessa grande familia, e que nunca esqueçam que VOZES DA SECA tem um grandioso coração a palpitar por todos!
Venha fazer você também parte dessa história linda.
"Estou ouvindo Vozes no ar, a te chamar, para dançar um São João..."
O SORRISO DE UMA CRIANÇA ENCANTA E UM VERDADEIRO SÃO JOÃO DE SONHOS E MAGIAS EMBALA O CORAÇÃO QUADRILHEIRO.VOZES DA SECA 2009 É NOSSO!
"O sonho não acabou... O mundo infantil está vindo!"

Final de semanA


Sexta eu bebi. foi a maior farra na Donna Santa com o Homorando e o Menino da lenda!

Sábado bebi mais ainda. Fui para um carnaval fora de época, com uma tchurma, 100%!

E hoje... SÓ UM MINUTO ENQUANTO PREPARO MEU COPO!
Obs:Estou na casa de um casal de amigos, e tá a maior lotação de gente aqui.
Pense no BBB que estar rolando agora!

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Chame à deus...

"... Entra na minha casa...
Entra na minha vida...
Mexe com minha estrutura,
Sara todas minhas feridas.
Me ensina a ter santidade.
Quero amar somente a ti.
Pois o senhor é meu bem maior...
Faz um milagre em mim!
Só com a força de DEUS pra continuar em frente...
Como as coisas estão complicadas?!
Como estar difícil viver no mundo de hoje, com as condições que temos, tais como; os preconceitos; as violências; os acidentes; a miséria...
A vida é realmente uma escola, um aprendizado.
Mas que aprendizado temos que ter? Qual devemos levar?
Se muitas vezes a própria vida nos faz por enganar, nos enrola, nos atrapalha!
Como tudo seria mais fácil, se somente estivessem setas dizendo;direita: PAZ, á esquerda: GUERRA. Daí, só dependeria de que lado escolheríamos pra seguir. Se é que já não escolhemos que lado, mesmo sem as seta?!
Eu peço força. Eu agradeço. Eu creio. Eu rezo.
Rezo até quase todos dias e peço, paz e felicidade, a todos que amo, até mesmo em troca da minha. Não... não que eu tenha disistido da minha!
Bem, só ele quem pode me compreender.
Só ele sabe do quanto posso suportar.



SE EU PUDESSE IMAGINAR - CHRIS DURAN












quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Afinal, quem é o doente?!

H.I.J.F - Fort. 20:45



Hospital público todo mundo já está cansado de saber que é uma porcaria. Que são horas numa fila e muito stress. Ontem fui deixar uma amiga de Paracuru, que estava hospedada em minha casa na rodoviaria, e aproveitei para ir na casa de um casal de amigos meus que moram perto. Chegando lá, um estava no trabalho e o outro em casa, aprontando uns quitutes pra receber uns amigos, que iriam depois de uma peça teatral. Enclusive meu amigo que estava em casa, também iria quando seu namorado chegasse do trabalho.

Ao chegar meu amigo disse pro seu love que ele fosse comigo, ou sozinho, pois ele não estava muito bem. Assim aconteceu, como a segunda opção. Então fiquei com meu amigo dodoi.
Depois que seu namorado saiu ele ficou pior e então eu o-convenci de irmos ao hospital porque poderia ser grave.

-Eu já disse o que ele estava sentindo?
-dores no pé da barriga, muito forte!

Pois bem, continuando. Eu disse que poderia ser uma infecção, pedra nos rins... ou qualquer outra coisa, vai lá se saber.

Chegando lá, a moça da recepção nus enformou que estava lotado de gente, e que iria demorar um pouco pra sermos atendido (já é comum isso).

Meu amigo chorando de dores perguntou pra moça, se ela saberia de um outro hospital ,que podesse nos atender mais rápido. Ela então respondeu: HAPVIDA, UNIMED entre outros.

Gente ela respondeu somente hospitais particulares! Minha vontade era de chamar ela de vagaba, pois se fosse pra ir a um particular ela acredita realmente que estariamos perdendo tempo ali?!

Já na fila da sala de atendimento, a doutora saiu para jantar. Então vamos esperar um pouco...
meia hora, uma hora, uma e meia... PUMMMM!

-Quem foi que chutou a porta da sala da doutora? (guarda municipal)
- "Pois é... tem gente que ñ sabe esperar. Me entendam"

Resolvi então ir atrás da doutora. Comecei ir de corredor em corredor, atrás de alguém que pudese me enformar aonde ela estava.

*Hospital público só tem tamanho, fêdor, gente pobre trânsintando e etc. Quantas fraturas, quantos ferimentos, quanto s-an-g-u-e... bluibqfhe...
-
-Pois é amigo, será que esse soro na nossa veia vai demorar muito? Estou com uma baita fome!

OBS: Em um intervalo fui lá fora comprar um cigarro pra fumar. Como os tios que vendem lá fora cobram tudo caro!?! O café, o cigarro a unidade (da pior marca), o xilito de formato de batata-frita... AFF!

*A única coisa boa foi os enfermeiros que eram uma delícia. Pelo menos 2, e 1 segurança! hehehe...

Descobrindo um escorpiano.





Estou a me descobrir de outras formas, em outros olhares, em outras "gentes", em outros sentimentos... e estou adorando! Sou um eterno idiota e me orgulho por isso. Idiota por amar de verdade, idiota por desejar, quando amo, todos os dias sempre a mesma pessoa de várias formas diferentes. Sou idiota porque pelo menos 6 vezes por dia eu acredito em coisas impossíveis. Sou idiota porque tento ver além do que meus olhos enxergam. Sou idiota porque não sei mentir. Sou idiota porque não sei falsear dor e nem fingir que ela não existe. Sou idiota porque penso no bem coletivo. Sou idiota porque mesmo apesar de magoado e de coração partido, estou sempre disposto a me apaixonar por quem seja realmente admirável.

Não quero colecionar namoros, por isso, não faço questão de está sempre namorando qualquer um que me cause euforia. Sou escorpiano. Minha maior qualidade é acreditar no melhor das pessoas, e isso também é minha maior fraqueza. Sou cheio de defeitos! Quer me conquistar? Seja também um idiota. Fale de cinema, sonhos, não tenha rótulos e seja disposto. Como já dizia uns sábios por aí: Os opostos se distraem, os dispostos se atraem! E se você me tirar para dançar um... Eu vou me render a você. Me mostre algo além só de palavras (palavras vão com o vento). Admiro virtudes como paciência, coragem, respeito, amor sincero, sinceridade, lealdade, desimportâncias. Sou romântico, mas não do tipo meloso-demais-grudento-sufocante. Sou muito intenso, mas não desesperado (pelo menos as vezes). Quando amo, amo demais...

A-D-O-R-O cinema, dança e teatro! Tenho problemas com escolhas de cardápios...hehehehehehe! Passo muuuuuito tempo escolhendo o que vou comer, vestir, usar... Adoro plantar sorrisos! Tenho um ótimo senso de humor e prezo isso nas pessoas! Acredito em Deus, mas não me prendo aos conceitos católicos. Acredito que Deus está na natureza e em cada um de nós e tento ser feliz sem me prejudicar nem prejudicar ninguém! Leal, fiel, doce, tranqüilo, alegre, irônico, crítico, justo, disposto, sonhador, amante, vivo, sensual... Um pouco ciumento (não doente), chorão, subjetivo. Quando me irritam, eu me fecho. Não falo uma palavra!

Para mim, a melhor maneira de dizer a um imbecil que ele está sendo ou é burro, é deixar ele agir do jeito dele. Fico na minha, e quando falo, sou curto, direto e dou lá onde dói! Mas é muito difícil me ver assim... eheheheheee! Cada qual sabe os demônios e anjos dentro de si, e eu nunca aponto o dedo para dor de ninguém, assim como não gosto de que julguem precipitadamente. Procuro pescadores de estrelas, sonhadores que assim como eu, querem ser felizes, e sempre oferecem seu melhor pras pessoas.

Sou o que sou, não o que dizem, sou melhor do que as pessoas pensam e pior do que elas imaginam...

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Um dia você esteve ao meu lado...


Um dia o menino das palavras doces me escreveu isso:

"Aqui, eu nunca disse que iria ser a pessoa certa pra vc, + sou eu quem te adora!... Como explicar o insplicável, mentir pra quem se ama é a pior coisa do mundo. Vc é pra mim como diamante, um cristal, de valor incalculavel, simplesmente perfeito d+ pra mim. Como posso maltratar alguém assim?! Não tenho idéia, nem vou dizer que sei o quanto vc esta sofrendo pq isso eu não sei, mais eu tinha que lhe falar, ser verdadeiro, ser real, pq um diamante precisa ser lapidado pra poder ficar mais perfeito ainda, falei por que quero vc ao meu lado, quero vc comigo sem metiras, quero poder ter a chance de te mostrar que não sou perfeito, mais que fui feito pra vc, quero só uma chance! Estou aqui chorando vendo vc chorar, me doido por dentro! fico aqui com um ditado; Essa novela, miniserie, filme ou historia não acadou ainda, por que só acaba quando tem um final feliz! Ser feliz pra mim hoje significa estar ao seu lado!"

Como me sinto.
A dor continua me consumindo... Essa sensação de vazio...
Tento achar um caminho mais fácil, mas tudo me faz voltar pro ponto inicial. Tento buscar alegria, algo que me faça rir, dá brilho aos meus olhos. Mas nada me conforta!
Ainda vejo você em todos os lugares, vejo seu sorriso voltado pra mim... você parece está aqui!
Eu sei que eu te amo, pelo simples fato de pensar em você todo instante. E os sentimentos não traêm! E eu não amo você pela sua imagem, ou, pelo o ideal que busco. Te amo pelo os detalhes e também pela tua essência. Se talvez não tivesse tido os teus carinhos, os teus sorrisos, visto o brilho dos teus olhos ao me verem e sentido o amor que parecia nutrir por mim... Talvez, seria tudo bem mais fácil pra mim agora nesse momento, porque não haveria lembranças pra lembrar. A dor seria menor!Foi um milagre divino ter conhecido o amor através de você. Pois será um sonho real que eu viverei eternamente. E apezar de tudo que eu já disse, de tudo que eu sinto e que somente DEUS sabe o quanto e quanto é verdadeiro. E nada mais for capaz de te trazer você de volta pra mim. Já não saberei mais o que fazer... Só sei que acredito na força do que eu sinto. E se isso não for AMOR, já não sei mas o que é!?!
Enquanto isso, continuarei a deitar no gramado pra olhar as estrelas.
"Quando um amor é rejeitado. Ele precisa fugir pra bem longe, para poder amar novamente!"

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Como foi meu 2008...


JAN à FERV. (carnaval exatamente);namorei um menino chamado Maycon, que me traiu no carnaval.

CHOREI...


MARÇO à MAIO.namorei o Marcos, que sumiu durante um dia e despois apareceu no outro dizendo que estava tudo acabado. Que eu tirasse as fotos dele no meu orkut pq o atual ñ queria. Pode?!

SOFRI...


JUNHO à JULHO.dancei quadrilha junina, arranjei muita confussão e bebei demais.Namorei o lindo Felipe Manson(modelo). Aquele que só queria tranzar!

GRITEI...


AGOS à OUTU.conheci o Aureliano. Aquele que me fez esquecer um fantasma do passado e tornou-se outro.O que tentei cortar o meu pulso esquerdo!

RASGUEI...


NOV à DEZ.meu aniver(08), namorei Diogo (pacakuru), Canoa-quebrada com Homorando e Menino Da Lenda, natal sozinho em Paracuru (adivinha atrás de quem e pq?) e ano novo mais ou menos.

SOBREVIVI...


Mais fico feliz porque sei que tenho amigos maravilhosos em minha vida. Adler, Alexandre, Eder, Fabricio, Georgia, Louny, P. Jorge entre outros. Fora a minha mais nova amiga da Bahia; ELIANA.

Se não fosse por eles eu não teria tanta força pra seguir em frente.


AMO TODOS VOCÊS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

FELIZ 2009!!!

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Quase Amável?!
















Não sei se eu já explique o porquê de meu blogg se chamar; Quase Amável!?Eu sou do tipo de pessoa que vive tudo ao extremo. Quando não é 8. Pra mim é 80!
O Menino da Lenda acha que eu sou dramático, que eu sempre me entrego demais as pessoas que eu me envolvo, e que me envolvo muito rápido.
Poxa, se é pra gostar, vamos gostar! Porque quando não gosto vou ficando só por ficar, até vê onde vai dar.
Sou um grande amigo. Aquele que a partir do primeiro momento que passo a conhece-lo, e eu já gostar de você...
Já vou ser capaz de tudo por você, somente tudo!!!
Porém, nunca pize no meu calo, porque se não... aiaiaiaia...
Veneno de um escorpiano pode ser fatal, heim!?
Lógico. Tem pessoas que eu deixo passar, como:menino da lenda, homorango, entre outros amigos irmãos. Esses amigos a que me refiro, chamo de; meus "pontos fracos".
Quando eles pizam em meus calos, a única reação que tenho é de chorar. Pois é. Fazer o quê, eles me conhecem?!
Quando eu choro, eu choro. Quando não, não sai uma lágrima;
Quando eu sofro, eu sofro. Quando não, só desse uma lágrima e pronta pra outra;
Quando eu gosto, eu gosto. Quando não, é melhor deixar pra lá!;
Quando eu quero alguém por perto, tudo bem. Mas quando não quero, logo vai perceber!;
Mas quando estou feliz... pronto! Me peça o céu, que eu te dou o mundo!

Esse sou eu.

Quando quero ser amável, eu sou.

Quando não... "deixa pra lá"

bw





segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

NÃO QUERO MAIS PALAVRAS DOCES!

06/1999 - Conheci meu primeiro namorado: NETO. O inesquecivel em minha vida!

01/2000 - Terminamos definitivamente. (durante alguns anos, matavamos as suadades 2 vezes por ano).
Passei quase 9 anos da minha vida acreditando, que outra pessoa, jamais ocuparia o seu lugar. E durante esse tempo todo vive pequenos romance;, beijei muitos, durmi com vários, saí com tantos, fiz outros pagarem em seu lugar... Tudo isso na tentativa de encontrar em outras pessoas sua essência, seu sorriso... até seu mesmo signo!
Cada terminio de um novo namoro, era um rio de lágrimas, lágrimas que só eu sabia que por dentro pertênciam ao NETO. (era nele meus pensamentos)
Passei quase 3 anos com um cara, que foi o relacionamento que mais durou. Ele sabia que meu amor pelo o Neto era tão grande, que chegou a me dizer que só aceitava me perder pra ele, e nunca para uma outra pessoa. Tanto que aceitou até uma tatoo que eu fiz com a letra inicial do Neto.

Descobri que a maior dor do mundo, não é a de perder quem você ama. E sim, a de você querer amar outra pessoa e não conseguir. Passar 9 anos sem um brilho no olhar...

Rezava, chorava, implorava a DEUS para que eu pudesse amar novamente, para que eu pudesse sentir algo por alguém que realmente gostasse de mim. Queria poder pensar em alguém quando ouvisse uma música, chorar por conta de uma briga, contar como foi o meu dia, tomar sorvete juntos, andar de mãos dadas, fazer juras de amor, poder dar aquele abraço depois de fazer as pazes...
Enfim, tudo o que tem de bom em um relacionamento.
Mas como? A única certeza que eu tinha, era; "O Neto vai ser meu de novo. Nem que seja em uma outra vida!". Ele havia virado um fantasma, essa era a verdade...

09/ 08/2008 - Conheci o Aureliano.
Estava eu em um bar (GLS) com alguns amigos, quando avistamos duas pessoas entrarem: um moreno e outro loiro.
Meu amigo João me pediu pra que eu desse uma olhada melhor, porque o loiro estava chamando atenção em algumas pessoas. (eu não estava nem ai pra isso)
Depois de quase 3 horas de festa, meu amigo que havia ido pra boate ao lado, voltou acompanhado com o moreno amigo do loiro. Então ficamos juntos bebendo no bar. Eu como desde o início, sem olhar pra ninguém.
Meia hora depois, o loiro aparece atrás de seu amigo querendo ir embora, porque várias pessoas na boate queriam atacá-lo. Mas seu amigo estava tão feliz com meu amigo, que acabou ensistindo pra ficar. Ele concordou!

- E você não fala?
- Falo sim.
Eu estava com um copo de bebida na mão, que não largava por nada dessa vida, e por cima muito zonzo já. Olhava pra ele virando só o olhar, e com o olhar respondia.
- Você não dança?
- não... sim, tenho vergonha na verdade. (falei)
- pois dança comigo?

Nus mexemos na verdade. Ele sempre com o olhar enfiltrado no meu, como se quizesse me contar alguma coisa.
Depois de um bom tempo ele me robou um beijo, que eu não esperava, mais já desejava e não sabia, pois meu pensamento estava no Neto mais uma vez.
Ele em quem sabe, fosse demorar na minha cabeça por algumas semanas e nada mais, como todos os outros?!
17/08/08. Fui pra Pacatuba com o Aureliano e um outro amigo seu, o ;Eduardo.
Fomos subir a serra e tomar banho de cachoeira, um programa que jamais havia feito. E pra mim, a sensação era de lavar a alma...
Como estava feliz... que do nada me senti com meus 16 anos, quando me apaxonei pela primeira vez! Ele até me falou que nunca viu um brilho no olhar tão grande como o meu. - Brilho... Um brilho?...
O Aureliano era a coisa mais maravilhosa em minha vida, um sonho bom, um anjo, aquela pessoa que só te fala o que você quer ouvir, palavras doces... Eu até voltei a sorrir, ir a igreja, dançar, andar cantando, dava bom dia pro sol e agradecia à DEUS por tê-lo em minha vida todas as noites.
Tudo bem que ele morava em outra cidade próxima da minha, e que por conta disso, não podiamos nus ver todos os dias, principalmente por causa do seu trabalho em uma gráfica.
Ele falava que eu era o melhor presente que DEUS poderia ter lhe dado. Que por minha causa os problemas que ele tinha, tinham se tornados pequenos e inofêncivos. Eu era o motivo de seus sorrisos constantes!!!
Corremos pela praia, nus beijamos em praças públicas, só pra mostrar o nosso amor e nossa felicidade, ríamos e corríamos quando alguém se apróximava.
Como era bom...
Um certo dia fui pra boate e vi o Neto. Eu dei um grande abraço nele e chorei muito, pois havia acabado de descobri que eu já não sentia mais nada por ele, que sua presença com outra pessoa, já não me fazia sofrer, já não me causava encomodos. Foi uma libertação...
Nesse memos dia fui pra casa do amigo do Aureliano, o Edu, e dormir lá. Menos o Liano, porque não podia dormir fora de casa. E no dia sequinte já estava marcado de ele me pegar pra irmos a praia.
Quando eu e Edu acordamos, ele pediu pra dar uma volta comigo pelo seu bairro e me mostrar uma bela casa. Uma hora depois o Aureliano foi me pegar, e estava muito apressado, e já na parada de ônibus ele estava muito nervoso, só Deus sabe os motivos!?

- Aureliano, aconteceu algo?
- Não. só quero chegar logo.
- Sinto que depois que sairmos daqui, algo vai mudar.
- Por quê você acha isso?
- Estou com a impressão que você só quer me deixar em casa, poque lá estarei mais seguro.
- Seguro de quê?
- De que se você me deixar, estarei perto da minha família pra me confortar e empedir de eu fazer algo.
- Parece que é bobo. Eu estou aqui!
(Uma lágrima caiu do eu olhar)

Depois que chegamos em casa, almoçamos com minha avó. E antes de irmos a praia, no sofá da minha casa ele me pediu um beijo e chorou, dizendo que não conseguia me dizer algo.

- BW, sabe aquele cliente chato que sempre me liga em certos momentos, o fato de não poder dormir fora de casa, da viagem do meu aniver e você não poder ir, e do trabalho na gráfica?
- Sei... (já chorando muito, pois já imagina o pior)
- O cliente se chama Allan, eu moro com ele e não com os meus pais, a viagem do meu aniver foi ele quem organizou, porque ele é meu patrão e namorado!...

Depois de tudo isso, de chorar todas as lágrimas que existiam em mim, de a pior dor do mundo ter se instalado em meu peito e eu tentar tirar minha vida, descobri?! Descobri que realmente no mundo, alguém foi capaz de me fazer esquecer o fantasma do Neto. Porém, acabou virando outro!!!

sábado, 17 de janeiro de 2009

INOCENTE? EU?

Confesso. Sei que eu já tenho quase 10 anos nessa vida de gay, bebidas, farras, curtições, mundo afora, grava ali, senta aqui, come lá...
De tudo eu vi, de tudo presenciei. Coisas, que hoje, já não me espantariam de forma alguma. (assim acreditava. Claro!).
Quantas e quantas vezes não bebi demais, e por conta de muito “baygon” na veia, saí por ai, vagando pelas ruas, atrás de... só DEUS sabe o quê!
Nesses 10 anos de experiências, vivi coisas por uma vida inteira. A qual se morresse hoje, não teria do que reclamar...
Se tem uma música que combinaria bem comigo?! Seria aquela assim: “EU NASCI HÁ 10 MIL ANOS ATRÁS, E NÃO TEM NADA NESSE MUNDO QUE EU NÃO SAÍBA DEMAIS...”.

Enfim, ontem eu presenciei algo que eu ainda não havia vivenciado.
Estava eu com o Menino da Lenda numa danceteria. Bebemos, dançamos, paqueramos e fomos paquerados. (inclusive eu vi o Pedro. Como ele mexe comigo!).
Num certo momento, o Menino da Lenda pediu para irmos para um outro local, ao qual recebe o nome de; inferninho. Por conta de ser muito quente e só ter gente feia! (nunca se sabe quando pode aparecer alguém interessante?!).
Lá estavam um casal de amigas minha bebendo numa mesa, com outras pessoas que desconheço. E elas me fizeram o convite pra esticar a noite em um hotel, com elas duas e uma trava.
- Fazer o quê?
- Adivinha?!
Beber mais e aspiras um pouco de ... (r$ 60).
Já lá no hotel, depois de muita colocação, as duas acabaram tirando suas roupas sem nenhum pudor ou vergonha e começaram a... Bem, vocês sabem o quê!
Até ai, tudo normal. Então sentei em uma cadeira e comecei assistir os filmes pornôs, com minha lata de cerveja na mão.
- Alguém pode me explicar, como se pode se concentrar em um filme, com tanto gemido lesbianal ao seu lado?!
Quando dei por mim, olho pro lado, para verificar o motivo de tanta euforia...
- STOP!
Uma estava com a mão inteira dentro da perseguida da outra, enquanto a outra também estava com sua mão bem ocupada... Dentro do rabo da trava! Podem acreditar!

Inocente? Eu?... Imaginem!